sexta-feira, 21 de abril de 2017

MEU CORAÇÃO EMBEBEDOU-SE


MEU CORAÇÃO EMBEBEDOU-SE

Hoje meu coração embebedou-se
Tenho vontade de pintar a manta!
A primavera, o prado, a maresia
E um búzio onde o mar saudoso canta.
Saio de mim para lugares incertos...
(até já me esqueci da minha idade).
Um dia quis fazer como os insectos
E aos poucos, fui perdendo a castidade.
Em tudo o que perdi, me conheci.
Sou como pólen a pairar no vento...
Se a porta é aberta, foi porque eu a abri
Com chaves de magia e sentimento
E versos de chegar, talvez, mais cedo.
Para colher as flores que estão cá dentro!

Maria Melo

in “Com o Mote Certo”

2 comentários:

  1. atenção o 2º verso é
    "tenho vontade de pintar a manta"

    por favor, corrijam.

    Obrigada.

    ResponderEliminar